Informação Online - Desenvolvimento da Criança


Desenvolvimento global – perspetiva de Vygotsky


Visão construtivista da aprendizagem

A aprendizagem significativa é aquela que assenta na interação entre a criança, o objecto e as pessoas. Há outras formas de aprendizagem que são passadas, por ambos os autores, a uma importância que, não sendo negada, é no entanto remetida a um plano secundário.

No entanto, e diferentemente de Piaget, Vygostsky não defende a existência de estádios de desenvolvimento. Desenvolveu um conceito que se tornou fundamental na compreensão da sua perspectiva: a zona de desenvolvimento próximo, que defende que a criança aprenderá melhor se a tarefa for moderadamente discrepante do seu potencial educativo e desenvolvimental, ou seja, as tarefas atribuídas a uma criança, a um aluno, não podem ser nem muito fáceis nem muito difíceis ( o que relembra a perspectiva da equilibração de Piaget, defensor de que o aluno deve passar por um processo de assimilação e acomodação potenciador do desenvolvimento de esquemas mentais que permitam sucessivas equilibrações).

Vygostky valoriza muito as questões culturais do meio em que o indivíduo cresce e se desenvolve.

Valorizou, também, a linguagem: afirmou, por exemplo, que “the speech structures mastered by the child become the basic stucture of His thinking” (in http://www.ozessay.com.au/sites/3/samples/report-education-masters-8pgs.pdf).


Bibliografia:

 Vygotsky, L. (1978). Mind and Society: The Development of Higher Mental Processes. Londres: Englewood.

http://www.eses.pt/usr/ramiro/docs/etica_pedagogia/A%20Pedagogia%20construtivista%20de%20Lev%20Vygotsky.pdf

 

Textos de Vygostsky traduzidos para o inglês podem ser encontrados em:

http://www.marxists.org/archive/Vygotsky





Programação e Design por André Pinto (andrep@sapo.pt)